fbpx

As passadeiras Freemotion REFLEX™ reduzem o impacto nas articulações em 29%.

Um estudo recente efectuado nos Estados Unidos revelou que as passadeiras

REFLEX™ da Freemotion Fitness

estão entre as passadeiras mais confortáveis, mais redutoras de impacto e com melhor desempenho atualmente disponíveis no mercado.

Esta investigação, levada a cabo por uma universidade americana (que por razões legais

Freemotion

não pode publicar o seu nome) e encomendado pela marca, foi efectuado por um Doutor em Biomecânica e Fisioterapia. O objetivo do estudo era determinar as forças de impacto ao correr nas passadeiras REFLEX™ da Freemotion em comparação com as suas principais concorrentes, uma Life Fitness 95TS e uma Precor TRM 835, e uma superfície plana. A análise envolveu 30 pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 60 anos, com uma proporção igual de homens e mulheres. Para determinar a força máxima de impacto, foram instalados sensores de força com

Loadsol®

foram colocados sensores de força em ténis de corrida neutros. Foram utilizados catorze acelerómetros diferentes para apoiar a análise de dados 3D durante a captura de movimentos, para os quais foram utilizadas medições científicas de última geração para avaliar as variáveis relacionadas com a carga.

Os resultados mostraram que as passadeiras REFLEX™ da Freemotion reduziram em média 29% a força de impacto e 20,5% o choque tibial.


choque tibial


em comparação com outras passadeiras do mercado. Verificou-se também que oferece 52% mais de redução do choque tibial do que correr numa superfície plana.

Isto significa que quando o pé do utilizador atinge a passadeira, a sua tíbia (canela) move-se menos quando utiliza a plataforma Freemotion REFLEX em comparação com a concorrência, resultando numa corrida muito mais suave e amortecida.

 

Sistema de amortecimento para reduzir o impacto da corrida

O

REFLEX™ sistema de amortecimento

patenteado pela Freemotion, é “particularmente benéfico para as ancas, joelhos e tornozelos e, por conseguinte, para os utilizadores que sofreram lesões, têm articulações mais fracas ou têm dificuldade em correr em superfícies mais duras”, segundo Chris Turvey, diretor de um centro Orangetheory Fitness.

 

Reduzir o impacto nas articulações durante a corrida

Dan Toigo, Vice-Presidente Sénior e Diretor-Geral da Freemotion, afirmou: “Estes resultados são excelentes e reflectem todos os recursos que a Freemotion investiu para produzir uma passadeira verdadeiramente revolucionária e líder mundial. O sistema REFLEX™ proporciona uma sensação única que realmente a distingue de outras passadeiras no mercado; e agora, com provas de terceiros para o apoiar, podemos legitimamente dizer que a passadeira REFLEX™ oferece uma das mais confortáveis e agradáveis experiências de corrida e caminhada em interior para utilizadores de ginásio.

Uma das principais razões pelas quais estes resultados são tão importantes é o facto de, tal como demonstrado num estudo de Milner et al, as forças de impacto absorvidas pelas articulações poderem influenciar a saúde das articulações (as lesões da perna estão normalmente associadas a um aumento do impacto tibial e da aceleração tibial). Resultados semelhantes foram também obtidos por Davis et al.

Toigo acrescentou: “Para nós, este é o Santo Graal da conceção e desenvolvimento de passadeiras. Podemos afirmar com confiança que a nossa passadeira melhora o desempenho geral, o que se traduz em melhores resultados; mas, mais importante ainda, melhora também a capacidade de fazer exercício durante mais tempo e com muito menos dores após o treino.

 

O aumento das actividades orientadas para a passadeira

DiR BootCamp - Aplifit

A passadeira sempre foi a peça mais popular do equipamento de cardio, mas nos últimos anos, tem havido um aumento da procura de actividades específicas baseadas na passadeira,

como as oferecidas pela Orangetheory Fitness

ou DiR Clubs no seu novo
DiR BootCamp
. As passadeiras já não são apenas um elemento básico do ginásio, mas estão a assumir um papel central no HIIT (treino intervalado de alta intensidade), no intervalo de sprint e nas sessões combinadas, concebidas para oferecer treinos divertidos, eficazes e eficientes que constroem a comunidade e o espírito de “tribo”.

Por outro lado, no entanto, consideramos que a natureza destas aulas para atingir um esforço máximo de curta duração (o que é muito bom para queimar calorias) diminui as oportunidades de se concentrar na forma e na técnica em que estas sessões se realizam, o que pode conduzir a um risco acrescido de lesões.

Um estudo recente da Universidade de Rutgers, publicado no Journal of Sports Medicine and Physical Fitness, relatou um aumento gradual das lesões no ginásio, que a equipa de investigação considerou estar de acordo com a crescente popularidade dos treinos HIIT. De uma média anual de 50 944 lesões em ginásios, a maioria envolveu joelhos, tornozelos e ombros.

Por este motivo, é fundamental dispor de equipamentos que, independentemente do tipo de treino para o qual são utilizados, tenham em conta os utilizadores com dores articulares e minimizem o risco de lesões. Esta é a base sobre a qual foi concebido o sistema de amortecimento REFLEX™ das passadeiras Freemotion.

 

 

Related Posts